Páginas

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Primeiros sinais

Dia dos Pais
duas semanas sei que estou gestante! E nesses 15 dias nada ficou como antes. Incrível como os sintomas apoderam-se sobre o corpo e a mente. Por mais que eu tente, que eu me esforce, não consigo ter um dia normal de trabalho, como antes.

Primeiro a fome. Dia e noite sem parar! Muita fome. Acho que já engordei dois quilos e o médico vai me puxar a orelha. Na primeira consulta eu estava com 56,5 kg. Amanhã veremos... Que medo! Tenho vontade de comer tudo. Acabo de almoçar e sinto fome de doce. Como doce e dá vontade de salgado. Não são desejos, aqueles desejos... É pura e simplesmente vontade de comer. Um vazio constante no estômago. Saco sem fundo! Venho tentando me controlar e, obviamente, evitar coisas não saudáveis. Cortei refrigerantes e gorduras, mas não consigo eliminar o açúcar. É tão gostosooooo. Por sorte adoro legumes e frutas. Isso facilita.

Segundo, as mamas! Meu pai do céu, onde meus seios vão parar? Sinceramente não vejo mais para onde crescerem e ainda faltam sete meses e meio!!! Doem muito, incomodam, pesam. O João até me deu sutiãs novos, mais confortáveis e maiores, daqueles sem costura. Para dormir é um sufoco. Não posso ficar mais debruçada, como antes.

Primeria foto grávida - Seis semanas
Depois o sono. Pelo que  li nos sites especializados, a sonolência é normal. Meu organismo está trabalhando duro na produção de hormônios para que nosso bebê tenha todas as substâncias necessárias para crescer. E isso me tira a disposição. Acho que se eu fosse deputada, proporia lei de meio expediente para grávidas, ririri. A tarde é quase impossível manter o ritmo. Meus olhos teimam em querer fechar. Bocejo o tempo todo e meu corpo fica molinho... Muito desejo de me encostar e dormir. Ainda assim, tento manter a produção! Mas não é fácil. Dizem que passa no terceiro mês.

Quando chego em casa no final do dia só quero cama. Corro logo pro banho porque se eu deitar antes, arrisco dormir porquinha, rerere. Basta um pratão de comida e lá vou eu! Nove da noite já me entreguei para Morfeu. Não consigo mais ler meus livros de cabeceira que antes eram companhias tão agradáveis. Não consigo criar coragem de fazer uma faxina na casa... vou deixando para amanhã. Felizmente o papai João sentiu minha dificuldade e me apoiou na contratação de uma diarista. Quinta ela vai encontrar um bom tanto de louça e roupa para lavar! rsrsrs.

Sete semanas
E ainda tem a constipação. Gente que coisa chata! Dessa parte ninguém fala né? Sempre ouvi dizer que mulher grávida enjoa e vomita, mas nunca me disseram que grávida não vai ao banheiro e produz tantos gases :-S. Sério... Até agora não tive enjoo, apenas alguma indisposição, sensação de má digestão. Em compensação, o trânsito no meu intestino tá pior que o de São Paulo. Fico até uma semana sem... você sabe! rere. É muito ruim.

Dá um estufamento e outro dia levei maior susto. Minha barriga inflou, parecia que eu estava de cinco meses. Doeu muito. Cólicas bem fortes. Achei que era com o bebê e me desesperei. Adivinhem se eu não fui deitar rolando de chorar? Fiz um dramalhão que até o João se comoveu. Mas sério, pensei que pudesse estar perdendo o bebê. É uma sensação tenebrosa que não quero nunca mais ter. E na verdade, eram gases! Sim... os maledetos gases! Agora já me acostumei e tenho percebido que comer porções menores em frequência maior ajuda. Também aprendi a evitar alguns alimentos. A Rafaela Kuhnen me passou umas dicas que estão ajudando.

Mais presentinhos
Ah, ainda quanto ao sono... estranho. Muito sono de dia e na madrugada, olhos abertos e disposição! Toda madrugada desperto, lá pelas 3 horas, e permaneço acordada por um longo tempo até conseguir pegar no sono de novo. Não entendo como nem porquê mas já estou acostumando com isso. E os sonhos? Sempre tive sonhos malucos e o João rola de rir com minhas viagens. Sou até meio sonâmbula, falo bastante dormindo e várias vezes já levantei da cama e dei voltas na casa enquanto dormia. Mas agora, os sonhos estão incrivelmente mais criativos. Na última noite eu enfrentei um exército de besouros daqueles grandões, tipo escaravelhos sabe? Mas de plástico! Eles corriam atrás de mim. Me escondi num armário de escritório e descobri que o único jeito de eliminar os bichos era com a ponta de um lápis! Perfurei muitos até acordar! rerere.

Outras coisinhas chamam a atenção. Não só a barriga mais dura e pontuda, que apesar do pouco tempo de gestação já aparece, mas até as unhas mudam. Ficou difícil de cortá-las de tão resistentes, como nunca foram. Gostei disso! :-). O cabelo parece que está crescendo mais rápido. Sei lá, pode ser só impressão minha né? A pele tá estranha. Achei que tive alergia de um batom, mas já começo a me perguntar se não é efeito da gravidez também. Meus lábios partiram e meu rosto tá cheio de espinhas. Espero que isso passe logo.

Pai, Isabel, irmãos, cunhadas e sobrinho no Dia dos Pais
Ando muito mais sensível também. Com choradeira por qualquer coisa, com mais medo, com insegurança... Deve ser normal. Ainda tenho receio de que o bebê saia dali sem eu perceber. Tenho medo de ir ao médico e não escutar o coraçãozinho, que agora já deve bater a 150 por minuto. Medo de ficar sozinha em casa e quanto a isso não há muito o que fazer. Resta enfrentar.

Por outro lado, também estou mais tranquila. Eu andava numa ansiedade enorme, numa preocupação extrema com as coisas do casamento, que será daqui a 45 dias. Agora parece que isso não é mais prioridade e, embora seja muuuuuuuuuuito importante, não merece meu nervosismo. Tô conseguindo me controlar e ter uma visão otimista sobre as coisas. Na verdade, tô mais tranquila também porque as coisas estão melhor encaminhadas agora.

Ah, parei de fumar definitivamente! Claro né? Isso deve estar colaborando com meu apetite voraz. Felizmente sinto certa repulsa pelo cigarro agora e isso me ajuda a conter a vontade de fumar, que persistiu na primeira semana. Agora quase não lembro do cigarro e sinceramente, vivo muito mais feliz sem ele! Para mim foi uma libertação e já devo isso ao meu príncipe ou minha princesa que vive aqui dentro de mim e me faz cada dia mais feliz.
Bom, estar grávida já transformou minha vida e só posso dizer que 2011 é o ano mais feliz, mais completo, mais repleto de amor e paz que já vivi!

Por tudo o que tem acontecido, já não me importo com os mesmos problemas de antes. Já nem lembro das pessoas que antes me incomodavam. Tenho novos e lindos planos! E neles, há tanto amor e tanta serenidade que é isso, somente coisas boas assim, que posso desejar a todos. De verdade! Quero que você, amigo(a) que chegou até aqui neste meu texto interminável, sinta essa mesma felicidade tão maravilhosa também! Que tenha como eu e João a honra de viver algo tão especial, como a maternidade/paternidade!

Um beijo especial neste dia lindo! Na quinta trago as imagens do ultrassom, se tudo der certo!

Manu

Abaixo a foto da entrevista com a RPC TV, sobre nosso casamento. O bebê tem uns 8 mm e já está na Globo! rerere.

Bebezinho global!

4 comentários:

  1. Aaa meu Deus que delícia tudo isso!!!!!!!!!!
    To muito feliz aqui, muito feliz mesmo!!
    Adorei o Blog, to ansiosa pra saber o sexo, quero das pitacos na escolha dos nomes haha, quero saber todos os detalhes!!! tia coruja já viu né???
    Beijos Manu linda!!!!

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto, Manu, dá pra acompanhar detalhadamente este seu momento. Preciso fazer algo assim tbem! hehe Beijos e felicidades!!

    ResponderExcluir
  3. q delícia tudo isso...
    parece até q me transportei qdo estava grávida do Bernardo.... afeee parece q foi ontem... e agora meu picorrucho ja tem quase um aninho...
    por isso aproveite td com intensidade.. sem medo.. aproveite até os enjoos e mau estar, logo eles passam e vc nao vai lembrar.. rsrs aproveite ate os chororô qdo vc está concentrada vendo aquela propaganda de margarina...
    com certeza sua vida não é e jamais será a mesma... os seus valores já mudaram e literalmente seu bebê é o centro de tudo..
    q os espíritos protetores estejam sempre presentes em sua vida, trazendo cd dia mais felicidade, luz, sabedoria, tranquilidade e a paz necessária...
    Mta saúde sempre...
    gde bjo
    Dani Nowak

    ResponderExcluir
  4. Lisy, Dani... Obrigada pelo carinho amigonas! É muito bom gestar um bebê junto de vocês, rerere. Valeu por todas as dicas e pelo acompanhamento Dani. Obrigada pela participação Lisy! Beijo da mãe e do Bebê! Logo mais vou postar imagens do ultrassom! :-)

    ResponderExcluir

Comenta aí que a mamãe fica faceira! E volte sempre, a casa é sua! :-) Ou me mande um e-mail: emanoellew@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...