Páginas

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Casório, lua de mel, 15 semanas...

Aqui, 14 semanas

O quadril está enorme!
Mais de um mês sem aparecer por aqui e tô morrendo de saudade de relatar as minúcias desta fase tão linda na minha vida... Funciona como um diário, só que aberto aos amigos. Acabei de reler os últimos registros e relembrar os sintomas do começo. Agora tudo está bem diferente!


15ª semana de gestação!!! Está passando tão rápido. E aconteceram tantas coisas neste último mês... Bom, lembram que saí de férias né, com o plano de assistir novela e dormir à tarde. Quer saber? Que nada!!! Foram semanas super movimentadas, atribuladas até, com tantas providências para o casamento. Fiquei na casa da mãe esse tempo todo e com as meninas (Day e Rapha) saí bastante atrás de coisas para a festa. Quase não tive parada.

E finalmente chegou o grande dia. Mamãe e papai agora são oficialmente casados, abençoados pelo padre, por todos os padrinhos e convidados e principalmente por Deus. A festa foi maravilhosa, como já relatei no blog dos casais. Ah e eu coube no vestido! auhauahuaa. Ficou apertado, mas entrou!


O padre abençoou nosso filhinho também
Como grávida, fui uma noiva comportada em relação à comida e à bebida, mas confesso que não consegui repousar, rerere. Simplesmente desbaratinei e dancei muito, pulei muito, a noite inteirinha, de salto alto, descalça... Pulei tanto que até caí. Levei um pacotaço. Caí de joelhos e a sorte é que a armação do vestido aliviou. Na hora não doeu e como em todo bom fiasco, levantei dando risada. O hematoma no joelho tá sumindo agora, mas o João Augusto não deve ter ligado muito.

Dancei a noite todinha!
Então... a grande novidade do período é que já sabemos: é um gurizinho!!! e João Augusto será seu nome. Na véspera do casamento fiz o ultrassom morfológico (pena que não tenho as fotos aqui, coloco na próxima) e felizmente está tuuuuudo bem com nosso bebê. O doc mediu tudo, cabecinha, barriguinha, ossos das pernas, dos braços e até do nariz. Aparentente, tudo na mais perfeita ordem.

Inclusive no palco... rere
Fui elogiada de novo, porque mais uma vez não aumentei de peso. Os mesmos 59,4 quilos da segunda consulta! Acredito, no entanto, que nestas duas últimas semanas engordei mais um quilinho. É incrível... outro dia dormi meio gordinha e acordei beeeem grávida! rerere. A barriga simplesmente se transforma durante a noite e desponta na manhã como se fosse a coisa mais natural do mundo ela aparecer ali do nada. rerere. Ei, Manu, é a coisa mais natural do mundo! Tá bom, tá bom.

Ela sobe, ela desce, ela dá uma virada...
O exame foi tão gostoso. Eu e João passamos mais de uma hora no consultório vendo detalhadamente cada movimentinho do nosso filho. Ele já estava grandão, com 12 centímetros. Praticamente cabe na palma da mão. Agora então, duas semanas depois, ele já deve estar bem maior. O próximo ultrassom será dia 28, quando teremos a confirmação de que é piazinho. Mas eu já não tenho mais dúvidas. Lembra que eu pressentia desde o começo? Minha intuição estava certa!!! Uma vez na vida! rere.

Nada a reclamar
Depois teve a lua de mel. Viajamos de avião, o que me deixou um pouquinho apreensiva, já que há tantos burburinhos sobre perigos de voar durante a gravidez. Mas fiquei mais tranquila depois de ler bastante sobre o assunto. Em Salvador, a semana foi cansativa também. Passeamos tanto, andamos tanto, que minhas pernas doeram toooodos os dias. Mas valeu a pena! E acho que meu Augustinho não reclamou, pelo menos não senti represálias... :-)

Cresce da noite para o dia!
Então... agora que o terceiro mês já passou, a sensação é de segurança. Aquele medo que eu sentia no comecinho, de que o bebê fosse escapar, passou! Ao contrário do que pensava, apesar de ter uma barriguinha bem maior, tenho mais confiança para me movimentar por aí. Estou ansiosa agora para senti-lo mexer. Dizem que parece com um movimento de asas de borboleta. Hein? Seja como for, quero sentir...

Quanto aos primeiros sintomas, a maioria desapareceu. Depois de ter crises intensas de choro por qualquer bobagem, de achar que o mundo ia se acabar porque João falou mais alto comigo ou por não dormir à noite imaginando que o clube ia pegar fogo no dia do casamento (quase convidei os bombeiros pra festa, juro!), finalmente tenho tido mais paz de espírito. É que era tudo misturado né? A ansiedade pelo casório misturada com uma explosão de hormônios no meu corpo afetando minha sensibilidade... Tenho a impressão de que agora estou com o humor mais estável. Assim espero, né João?


Toda pose é assim agora
A chegada do segundo trimestre também me trouxe mais conforto. Achei que só aumentaria minha vontade de fazer xixi, especialmente à noite, mas não. Tenho dormido por sete horas consecutivas sem levantar para ir ao banheiro \o/. Isso é uma conquista, pode acreditar! É tão chato interromper o sono para fazer dois ml de xixi. A prisão de ventre também sumiu depois que parei de tomar o complemento de ferro. Agora estou tomando Combiron Fólico, que concentra ferro e ácido fólico. Ainda não pude avaliar o resultado. Os gases dão tréguas, mas volta e meia dão o 'ar' da graça, com o perdão do infame trocadilho.

A dor nos seios também sumiu. Não sei se me acostumei com o tamanho deles, mas chego a pensar que não estão mais tão inchados. A pressão continua em 9 por 6 mas aquela sonolência chata da tarde passou. Vai ver porque estou dormindo melhor. Sinto-me beeeeem mais disposta e animada para trabalhar, sair, conversar. É uma fase muito boa.

Enjoo nunca tive né? E a fome é estável. Não é mais aquela loucura do primeiro mês (acho que era por ter parado de fumar mesmo), mas continua sendo uma delícia comer. Tudo tem um sabor mais especial agora.

Mais disposta que nunca!
A única coisinha chata é que com o calor, no final do dia meus pés estão um pouquinho inchados. Aos poucos estou descendo dos saltos. Ainda não os abandonei totalmente... Mas conforme os pés doem, vou trocando. Ah e as roupas também não servem mais. Quase nenhuma calça de antigamente entra em mim. Em compensação, meu maridinho me deu roupitchas novas, vestidinhos folgadinhos, e eu comprei uma bermudinha número 40 que vai servir ainda um bom tempo.


Algumas vezes sinto saudades do meu antigo corpo sabe? Não que fosse assim um corpão, mas quando olho uma foto no porta-retrato da sala, sei lá, é estranho... uma sensação de que não sou mais a mesma e um medinho de nunca mais ser daquele jeito. Os mamilos estão mais escuros e aquela linha negra que aparece verticalmente na barriga das grávidas, lembra? Já começou a aparecer em mim. Não que eu goste, mas que seja bem-vinda então! rere.


Por outro lado, à medida que a barriga aumenta, gosto do meu corpo mais e mais. Por enquanto! riririri. A barriga ficando mais pontuda, o umbigo esticando... adoro olhar no espelho. Sei que isso é só uma fase e que daqui a pouco a pançona vai ser tão grandona que terei saudades de agora, mas tudo bem...

Pôr as mãos na barriga virou vício
Outra novidade é que voltei a trabalhar, estou de novo em Tibagi e agora tenho mais um companheirinho em casa. Casei com direito a marido, filho e cachorro mesmo! O Kiko, meu cocker de quase 11 anos, voltou a morar comigo depois de longa temporada na casa da mãe. Ele está bem doentinho e precisa de cuidados especiais. A presença dele lá em casa me enche de alegria, porque ele é um doce. Super comportadinho e carinhoso. O problema é saber que ele tem pouco tempo de vida... probleminha sério de coração. Mas vamos curtir um ao outro durante esse tempo que nos resta numa linda história de despedida.

Bom, ainda tem muita coisa para compartilhar. Hoje foi um apanhadão de cinco semanas - tempo em que aconteceu taaaaaanta coisa que seriam necessárias mais umas 20 páginas para descrever. De todo modo, fica o registro: estamos bem! estamos felizes!!!

O vestido entrou... apertado, mas entrou!
Em todos os meus sonhos, em todas as vezes que planejei coisas boas para a minha vida, em que vislumbrei um futuro lindo... nunca imaginei que seria tão bom assim! Pense comigo: tenho um marido, casei numa festa linda juntamente com meus irmãos, estou grávida de um menino que desde já me traz paz e alegria...

Tudo está maravilhoso e perfeito! Muito mais do que eu poderia desejar. Só resta agradecer: OBRIGADA PAPAI DO CÉU! 

Um beijo pra você que tem aparecido por aqui. Obrigada por fazer parte disso tudo.

Manu

Vídeo que a sobrinha Maria Eduarda (Dudinha linda) me dedicou. Eu adoreeeei! "Pula a parte do parto porque é cedo demais para se preocupar. E vai direto para os cuidados com o bebê"... rerere... bem isso!!!

5 comentários:

  1. Amei seu blog! Espero poder acompanhar daqui (mesmo que longe) a sua caminhada de felicidade que muito me alegra. Beijos e continue assim sempre com esse olhar encantador sobre a vida.
    Adrielle

    ResponderExcluir
  2. Amei tudo, como sempre!! Não vejo a hora de conhecer o meu sobrinho, ver seus olhinhos, boquinha, mãozinhas, pezinhos, cor dos cabelos, enfim... muita ansiedade! Amo vcs! Danielle

    ResponderExcluir
  3. gostei mt d seu depoimento, e o video é exatamente isso, sou mae d tres filhos e
    senti exatamente isso, parabéns e Q Deus os abençoe, bjs
    Denize

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Adri!!! Que bom ter tua companhia. Beijinho

    ResponderExcluir
  5. Valeu Dinda Daniiii!!! Obrigada Denize! Beijinhos

    ResponderExcluir

Comenta aí que a mamãe fica faceira! E volte sempre, a casa é sua! :-) Ou me mande um e-mail: emanoellew@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...