Páginas

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Papai e Mamãe... Noéis!

Papai, Mamãe e Bebê Noéis

O pezinho do meu filho é maior que o fêmur, aquele osso grandão da perna! Descobri isso no último ultrassom morfológico, da sexta-feira, quando eu e papai passamos mais de uma hora olhando praquela telinha preta e branca que se tornou minha janela da felicidade. O exame é bem detalhado e o doutor mede cada ossinho, a cabeçona, o barrigão e pode constatar se tudo está bem com o bebê!

24 semanas e tudo certinho


E está! Viva, viva! Nosso pequeno João Augusto está crescendo saudavelmente e apresenta todas as características de uma criancinha que se desenvolve sem problemas. Se mexeu o tempo todo, mas desta vez não fez pose para foto nem mandou tchauzinho. Ele já está apertadinho lá dentro e estava de cabeça pra baixo.

Fiquei tão feliz em saber que meu filhote tem rins! Enquanto me mostrava os rinzinhos do Augustito, fiquei especulando o doutor sobre todo tipo de coisa e a conversa seguiu para as más-formações congênitas, como a de uma pacientinha sua que tem um bebê de 20 semanas na barriga e que está sobrevivendo inexplicavelmente à ausência dos rins... é muito triste porque segundo o médico, o bebê não tem chances de viver.

O vestidinho é presente do marido :-)

Bem, como viram, fui fundo nas angústias e medos, mas aproveitei para tirar dúvidas. Conversei mais uma vez sobre o parto. E mais uma vez continuei na dúvida sobre se normal ou cesária. Na fila da farmácia, enquanto conversava com a moça do caixa que é técnica de enfermagem e defende com veemência o parto natural, uma mãe insistia para que eu optasse por cesária. Foi até engraçado. As duas começaram a debater o tema, cada uma em defesa de um parto. No final das contas, saí sem saber.

A técnica em enfermagem acompanha partos e diz que o natural tem recuperação mais rápida e que o bebê precisa passar por tudo aquilo para nascer e crescer mais saudável. Já a moça da fila, que sentiu as dores e teve de fazer cesária, assegura que não vale a pena tentar e o que melhor mesmo é ir direto pra cirurgia. Detalhe: a enfermeira não é mãe! rerere.

Hoje conversei com a Rose, minha auxiliar do lar. Ela tem quatro filhos, três de parto normal e somente a Brendinha, a última, de cesária. Adivinhem? "Aquilo não é dor de parto, é dor de morte. Faça cesária. É bem mais tranquilo! Não dói nada".

Contiuarei pensando e enquanto isso, recomendo um textinho muito divertido sobre esse tipo de coisa: as previsões, as profecias para as grávidas. Sabe aqueles bordões do tipo "você nunca mais vai dormir", "gravidez não é doença", "minha prima trabalhou até o último dia" e comentários totalmente indesejados como "fulana morreu no parto"? Pois é... sem falar na barriga da gente que se torna um território comum, espaço público, onde todo mundo põe a mão! Veja só.

Bondinho
Outro blog bem bacana que passei a acompanhar é da Mariana Belém, que tá pela boa. A Laurinha, netinha da Fafá, nasce logo e enquanto isso dona Mari compartilha com as amigas as experiências lindas da sua gestação. Fiquei encantada com os escritos dela e li todos os posts, me emocionei várias vezes.

E nesta semana temos consulta de pré-natal com direito a mais um ultrazinho de lambuja...Vai ser na quarta. Antes, porém, passaremos por Ponta Grossa na nossa nova casa. Amanhã assinaremos os papéis para a compra em 25 anos de parcelas da sonhada casa "porópia". É no Jardim Canaã, em PG, bem linda, de esquina. Pequena, mas confortável. E é para lá que vamos tirar medidas do QUARTINHO DO BEBÊ! Uhuuuuul, chegou finalmente a hora de fazer o quartinho. Eu já estou morrendo de ansiedade. Bem, já encomendamos um projetinho numa fábrica de móveis, mas eu continuo me dedicando a pesquisar vários motivos de decoração. É um mais lindo que o outro!

Outra excelente novidade da semana é que na quarta de manhã faremos nosso book fotográfico com a Fabi Guedes. Não vejo a hora. Depois mostro aqui os resultados. Por hoje ficam fotos de um passeio da família WO (Wisnievski Oliveira) pela cidade vizinha de Telêmaco Borba. Fomos almoçar numa churrascaria lá que o João gosta e depois passeamos bastante, com direito à caminhada pelo Parque Ecológico da Klabin, bondinho e caldo de cana. Foi bem gostoso. No parque, além claro do Lobo Guará e da Jaguatirica que são lindíssimos, o que me fez parar para apreciar foi uma mãe macaco-prego com o filhotinho agarrado às costas. É tão lindo!
Mãe macaco-prego e o filhotinho fofo


Hoje foi meu primeiro dia de férias (coletivas) da Prefeitura, mas trabalhei pela manhã. Na semana que passou não tivemos tempo de gravar todos os programetes de rádio com o patrão e hoje fizemos isso. Depois o dia foi de faxinança, com a Rose, para que a casa esteja limpinha no Natal. Acho que passaremos o final de semana por aqui com a sogrinha, sogrinho, cunhados e sobrinha.

Por falar em Natal, ficam também uns registros de um momento lindo na nossa vida. Finalmente eu e João desfilamos de Papai e Mamãe Noel temáticos, da Espanha! Foi na Parada do Natal Sonho de Luz no sábado em Tibagi. Foi muito muito muito bacana. Cansei horrores, fiquei com dor feia nas costas, mas valeu a pena. Nunca imaginei que seria tão legal. A gente simplesmente não conseguia andar direito porque as crianças vinham de toda parte, nos abordavam e pediam abraços, beijos.

Tem coisa melhor que carinho sincero e puro de criancinhas lindas? Renovei as energias e também me emocionei. Principalmente quando uma menininha me entregou uma cartinha com seus pedidos e quando um pai pediu ao João que entregasse ao filho dele o presente de Natal que ele trouxe escondidinho. Foi mágico! O olhar de surpresa, de medinho e ao mesmo tempo de encantamento das crianças é divino gente! Inexplicável. Depois de muito tempo voltei a sentir aquela coisa gostosa que acompanha a gente quando criança na época de Natal.


E por hoje é isso, porque já está bem tarde e amanhã cedo eu e Kiko viajamos.

Beijocas queridos! Volto em breve com as fotos do book! :-)

Vídeo da semana: o desenvolvimento do bebê entre a 21ª e 27ª semanas:

Um comentário:

  1. Eu só tive uma filha e fiz cesária, não sofri nada nada e se tivesse outro filho faria novamente! Nao sei o que é dor de parto, mas já tive cólica de rim e dizem que é uma amostra grátis de parto, então eu acho que não faria. Tenha fé, parto normal ou cesária dá tudo certo!

    ResponderExcluir

Comenta aí que a mamãe fica faceira! E volte sempre, a casa é sua! :-) Ou me mande um e-mail: emanoellew@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...