Páginas

quinta-feira, 15 de março de 2012

38 semanas: a hora está chegando

38 semanas

Parecia que não ia chegar nunca e ao mesmo tempo passou tão rápido! Estamos na 38ª semana de gestação e Joãozinho está prestes a se despedir do meu ventre e pular pro meu peito. Vou revelar uma coisa bem secreta: eu tô com ciuminho! rerere. É tão maravilhoso ter ele aqui dentro de mim, só para mim! Ele se mexe, soluça, cutuca e só eu sinto, só eu sei. E daqui a pouco ele estará aqui fora e será disputado pelos inúmeros colos de avós e titios e titias... hummm... tá bom vai!

É um sentimento estranho. Claro que eu tô doida pra ver a carinha dele, para sentir suas mãozinhas, seus cabelinhos, sua boquinha faminta e ficar horas observando cada movimento seu. Mas vou sentir saudades da barrigona e dele aqui, só meu. Que egoísta, não? rerere. Mas veja, a gestante passa nove meses acariciando seu abdômen e falando com um serzinho que ela sente crescer ali dentro enfrentando com coragem todas aquelas situações difícies de hormônios enfurecidos, enjoos, azias (tenho tido muita), quilos a mais, dores nas articulações, inchaços e tudo mais, feliz da vida por saber que em contrapartida uma vida linda se desenvolve ali dentro. De repente tudo isso some e vem aquela legião de parentes babões (ainda bem, sejam bem-vindos) pegar meu rebentinho no colo e dividir a atenção dele. auhauhauahua. Tá, já sei, vai passar! rerere.

O jeito é curtir cada momentinho destes últimos dias e como já disse, a pressa passou! Tô super tranquila, sem ansiedade, esperando a vontade dele de entregar-se à luz. Felizmente não estou ainda sentindo aqueles sintomas comumente relatados pelas mamães nas últimas semanas, como dores mais fortes, canseira excessiva, quadris abrindo, coceira etc. Estou agora como antes, sem mais peso, sem mais dores, sem problemas para dormir e com a mesma disposição, embora as variações de humor. Ando à flor da pele mesmo.


O calorão é que parece ter aumentado. Toda noite levanto agitada para ligar o ventilador bem na minha direção e amenizar o suador. Graaaaaaças a Deus hoje choveu, depois de muitos dias de sol forte e poeirão. O tempo está delicioso agora. Também, pra quem viveu cinco meses de gravidez sob calor intenso! Vamos combinar que eu dei 'sorte' né? Foi o verão mais quente de toda a minha vida e de novembro até aqui eu inchei e suei horrores por conta das altas temperaturas. Se eu puder planejar, meu próximo filho nascerá em agosto ou setembro só para eu viver os últimos meses da gestação no invernão! rerere.

Sonhos

E os sonhos? Sempre foram malucos, ultimamente então... Há pesadelos horríveis e sonhos engraçados. Outro dia sonhei que o João pai foi aos Estados Unidos num avião monomotor, numa pista de decolagem côncava e com um piloto muito maluco só para comprar fraldas (eu ainda não tinha estoque suficiente aqui). Numa outra sessão noturna, o filme era de terror. Sempre tenho pesadelos relacionados à casa onde vivi em Serra do Apon (Freud explica) e sonhei que o quartinho do bebê era o último quarto lá da Serra, o mais afastado e o que menos gosto. Quando eu tentava abrir a porta, uma força muito estranha empurrava de dentro. Ui, é ruim de lembrar. Mas no sonho era um espírito muito mal que não me deixava entrar no quartinho dele. Chega desse. Outro sonho que revelou minha insegurança no subconsciente foi de que eu estava com o bebê no colo e por três vezes o deixava cair ao chão, de cabeça. Deus me livre! Deve ser meu medo  de não dar conta dele né? Ah, mas teve um sonho que me fez rir muito também: eu adotei um filhote de girafa coisa mais linda que o circo tinha esquecido na cidade. Criei em casa mesmo. uahauhaua.


Como está o bebê

Bem, esta semana meu bebê vai perdendo a camada de pelos fininhos que o recobria, o lanugo, e também o verniz que isola a pele dele do líquido amniótico. O meu 'poverelo' engole essas secreções que vão formar  o mecônio, o primeiro cocô lindo do meu lindo filho :-)

Segundo o baby center, meu filho já tem o tamanho de uma abóbora pequena (e eu de uma melancia gigante, rere). Nesta fase, sinto com mais frequência as contrações de treinamento. Do nada, a barriga fica pontuda e dura, meu filho dá uma revirada lá dentro e em alguns segundos tudo volta ao normal. Ele está ensaiando para o grande dia. Também aumentou a secreção vaginal, mas felizmente nada de estranho até aqui.

Ele já está bem esperto e consegue segurar coisas com as mãos, como o cordão umbilical. No último ultrassom ele estava com as mãozinhas na boca. Os órgãos estão totalmente desenvolvidos e no lugar certo. Os pulmões e o cérebro já funcionam. Oba!

Músicas

Como ele já me ouve bem, converso bastante e às vezes coloco musiquinha no celular pra ele ouvir. Escolhi duas em especial, na esperança de que depois de nascer ele reconheça estes sons e isso funcione para parar de chorar, por exemplo. São clássicas: Ursinho Pimpão do Balão Mágico (a mamãe também gosta, rararara) e Ode To My Family do The Cranberries, nem pela letra, mas pela melodia gostosa e pelo meu amor por esta banda.


Meu filho também já ouve bastante Norah Jones e Joni Mitchell. Tenho ainda um CD bem completo de músicas de ninar que a Jucélia me deu há uns cinco anos, quando meu sobrinho nasceu. Acho que vai ser útil. Ademais, ele acaba ouvindo o que a mamãe gosta de ouvir no carro, como Osvaldo Montenegro, Jack Johnson, Engenheiros do Hawaii e Cidadão Quem, Donavon Frankenreiter e outras coisas que não se combinam mesmo, rere.


Enxoval

Das coisas que o bebê precisa, ainda não temos carrinho e bebê conforto. João contou que o pessoal do trabalho dele vai nos presentear com o bebê conforto, então estou despreocupada. Com relação ao carrinho, tive pesquisando mas não achei nenhum com modelo interessante o suficiente para valer tudo o que cobram (é caro!). Talvez neste sábado a gente saia para ver isso com mais calma. Mas não há pressa. Dá para providenciar mesmo depois do nascimento né?


Mais uma da sessão com a Fabi. Foi em dezembro.

 Por hoje é só. Tô esperando a Lilian que está chegando para me visitar. Mais tarde tem circo. Oba. Beijocas!

Manu

3 comentários:

  1. Olá, sempre passo por aqui, mas acho que nunca comentei rs. Sou de Castro, sempre estou lendo suas novidades.
    Tenho dois filhos, e cada post seu eu volto meu pensamento qdo eu estava grávida, é muito bom acompanhar.
    Bom, agora está pertinho, te desejo uma ótima hora, mta saúde e tudo de bom pra vcs.
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Aline! Sempre fico surpresa e feliz em saber que para algumas mamães este espaço é também de partilha. Obrigada mesmo pela sua companhia aqui. Qualquer dia a gente se encontra. Beijinhooooo e valeu!!!

      Excluir
  2. OLá. Sempre passo por aqui, mas acho que nunca comentei rs.
    Sou de Castro, tenho dois filhos e cada post seu eu volto meu pensamento qdo estava grávida dos meus pquenos ( nem tão pequenos mais rs, um tem 7 e outra 3).
    Agora que está pertinho, te desejo uma boa hora, mta saúde, tudo de bom pra vcs!
    Q bom que não está ansiosa, o bebÊ sempre sabe a hora certa de chegar. Que Deus abençoe vcs.
    Bjo

    ResponderExcluir

Comenta aí que a mamãe fica faceira! E volte sempre, a casa é sua! :-) Ou me mande um e-mail: emanoellew@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...