Páginas

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Pisquei e lá se foram seis meses!


Todo mundo sempre me disse que o tempo voa quando o assunto é filho. Agora sei na prática o que isso significa. Pisquei e lá se foram seis meses!

Meu anjinho já tem quase o triplo do tamanho com que chegou a este mundo e aprendeu tanta coisa que fez o tempo passar depressa demais. Se por um lado as mudanças são diárias, por outro, o amor só aumenta e a alegria também.

Só revirando a memória mesmo pra relembrar as dificuldades das primeiras semanas, com cólicas, choro sem fim, inseguranças e um cansaço extremo. Isso a gente esquece fácil, ou, se lembra, é sem dor. O que ficou registrado de fato é aquela emoção da nossa primeira troca de olhares, da pele macia e daquela carinha toda amassadinha grudando no meu peito e me emocionando demais. A primeira risadinha, quando soltou os primeiros "angus", aprendeu a segurar os brinquedos e começou a morder o próprio pé...

Pisquei e ele começou a virar de bruços sozinho.

Ele agora balbucia sílabas e dá gritinhos com uma voz tão doce que chega a dar cárie. Tem um sorriso enorme e contagiante, fácil de tirar, que faz os olhinhos ficarem ainda mais esticadinhos, com formato de felicidade. As mãozinhas cada vez mais agitadas têm furinhos fofos e tratam de agarrar tudo, tudo mesmo, o que aparece pela frente. Seguram o copinho de suco sozinhas! As perninas, antes tão fininhas, estão cheias de preguinhas de gordura que tornam meu João um bonequinho propaganda de pneu. E elas estão tão firmes, ameaçando já os movimentos de um futuro engatinhar. Tudo nele é macio, tudo é meigo e cada dia ao seu lado é uma bênção que Deus me concede.

Pisquei e de repente ele sabe ficar sentado.

Hoje cantei parabéns e ele sorriu mostrando que dois dentinhos estão a postos na gengiva de baixo, esperando o tempo certo para sair com tudo. Ele sorri enquanto come suas primeiras papinhas salgadas, geme tão bonitinho como quem pede mais e enfia a mão na boca para se lambuzar todo. E até assim é lindo. Presenciei o milagre da vida acontecendo dentro de mim e depois, fora da minha barriga. Mas parece que foi ontem!

Pisquei e ele já não pode mais dormir no berço alto, precisamos baixar logo aquilo.

Ele não chora mais, não sente aquele monte de dor e mostra muita força até na hora da vacina. Dá uma resmungada e se acalma no mesmo instante. Resistiu à feia queda do berço e aguentou firme no peito da mãe, só no peito, até o fim deste sexto mês. Uma vitória!

Hoje a vida está bem mais fácil porque meu príncipe acorda sorrindo, muitas vezes dorme sozinho durante o dia, não reclama de nada, adora passear de carro, vai no colo de todo mundo e solta gargalhadas deliciosas à toa. É nossa melhor fase até aqui. Adoro ver ele forçando uma tossezinha só para chamar a atenção. Inclusive quando faz uma manha de brabeza porque tirei algum brinquedo da sua mão. Que esperto! Amo quando abre os braços para vir no meu colo, quando acorda ao meu lado passando a mãozinha no meu rosto, e até quando tenta arrancar fora meu nariz ou me deixar careca.


Pisquei e a banheira já ficou pequena!




Nestes seis meses, a vida brotou aqui dentro de casa e tenho este privilégio de acompanhar em tempo integral o desenvolvimento de um ser humano, cada etapa da evolução, cada reflexo, cada surpresa... Junto, foi crescendo um amor tão forte que chega a doer no meu peito. No dia a dia nem me dou conta do quanto ele é importante para mim e de quanto me transformou. Mas num dia como este, em que a pessoa mais importante da minha vida completa seis meses, fico sim mais emotiva e tocada pelo seu olhar. É nele que vejo meu coração pulsar e não há mais nada neste mundo que importe mais.

Pisquei e já não sei mais viver sem ele!

Este foi só o começo e sei que muita coisa boa me espera nos próximos seis meses, nos próximos anos, enquanto eu viver. A cada piscada dessas, quero encontrar a certeza de que estou fazendo o possível para que João cresça com saúde e repleto de felicidade. E isso seria apenas retribuir um pouquinho da imensa felicidade que ele me traz.

Te amo muito meu filho! Obrigada por me ensinar a amar sem fim!

Mamãe






8 comentários:

  1. Parabéns meu amado, obrigada por existir em nossas vidas, te amamos muito! Dindo, Dinda e prima Duda

    ResponderExcluir
  2. Parabéns para esse lindo!!!
    Pisquei amiga e meu filho já vai fazer 2 anos. Voa mesmo, temos que aproveitar cada segundinho.
    Beijos Ca
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  3. É asim mesmo,piscou,passou,logo vc já vai estar organizando a festinha de um ano,quando mesmo esperar já vai estar na formatura,e depois no casamento...rsrsrsrs.O tempo passa voando a jato.
    bjs
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tô bem doida pra ver as coisas da festinha! rerere. beijoooo

      Excluir
  4. É o tempo voa mesmooooo! Uma vontade de segurar alguns momentinhos pra passar mais devagar, né?
    Parabéns pra vcs!!

    Bjo!!

    Loreta#amigacomenta;)
    @bagagemdemae

    ResponderExcluir
  5. É bem assim, a gente pisca e eles crescem! O tempo anda acelerado porque nossa vida anda acelerada demais!! Tem horas que eu queria parar o tempo e ficar com ela pequenininha. Mas não dá, né?

    Beijão.
    @_maejestade
    #amigacomenta
    http://www.vidademaejestade.com/

    ResponderExcluir
  6. O seu post acabou e eu parei e fiquei pensando em mais seis meses de piscadas minhas... Alice ja esta com 1 ano e 3 meses e foi desse jeito, nun piscar de olhos mesmo! Dá uma felicidae grande mas tb dá um frio na barrigaaa.... Mas vamos pra frente que tem mais! Beijooos e parabéns pelo liindão!!

    ResponderExcluir

Comenta aí que a mamãe fica faceira! E volte sempre, a casa é sua! :-) Ou me mande um e-mail: emanoellew@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...