Páginas

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

A família aumentou: bem-vindos Eduardo e Carolina!

Na última sexta-feira fui despertada às cinco da manhã com o telefone tocando e a notícia era maravilhosa. Meu sobrinho Eduardo estava dando sinais de que queria sair logo da barriguinha da mamãe dele e vir pro colo da tia! rerere. Levantei rápido, arrumei tudo, peguei meu filho e corri pra Castro, a tempo de ver meu irmão Robson pegar seu caçula pela primeira vez e levar pro quarto. 

Foi aquela emoção... A carinha mais meiga do mundo, aquele serzinho tão pequeno, tão frágil, enroladinho, dormindo. Pude acompanhar a primeira tentativa de mamar e registrar as primeiras fotinhas deste anjinho. Troquei a primeira fraldinha, ainda cheia de mecônio, e me derreti toda com os gemidinhos daquela pessoinha que estava acabando de se descobrir fora do útero. Mas as emoções daquele dia 22 de fevereiro não pararam por aí. 

Também naquela manhã chegou a este mundo a princezinha Carolina, filha de grandes amigos nossos. Voltei pra Ponta Grossa e pude ver de pertinho a carinha serena e a pele limpinha desta bonequinha.  É como se eu tivesse recebido dois sobrinhos num só dia, e sem serem gêmeos. Bem-vindos ao mundo meus queridos Eduardo e Carolina!
Eduardo Iank Wisnievski

O Dudu é  filho do meu irmão Robson e da comadre Raphinha - padrinhos do meu Joãozinho. Já a Carolzinha é a segunda filha do Edu e a Bianca, amigos desde a faculdade, portanto é como se fosse sobrinha também. Os dois resolveram passar pro lado de fora quase que ao mesmo tempo e foi maravilhoso poder vê-los pela primeira vez. Já estou morrendo de saudades.

Uma das melhores coisas da vida é ser tia. Alguém concorda? Já tenho a Isabella, de 11 anos, o Luiz Henrique, de sete, e o Mateuzinho, de dois aninhos. Mais o Dudu e meu João agora são cinco netinhos pra meus pais. E todos eles são lindos e deliciosos demais!
Carolina Martins Seidl

Linda também é a Carolina, assim como seu irmão Bernardo. Ela chegou com quase quatro quilos, a danadinha, perto das sete da manhã. Com a pele lisinha, parecia uma bebê de um mês, sem olheiras, sem carinha amassada. Fofa demais.

Já o Duduzinho nasceu com 3450 kg e medindo 45 cm, às 5 e pouco da madruga, um gordinho (perto do meu que teve menos de 3 kg) com o narizinho arrebitado igual ao da mamãe, tão fofo que deu vontade de trazer pra casa! Tive a oportunidade de dar o primeiro banho nele em casa. Revivi tantas emoções.

Aos dois anjinhos, desejo imensas alegrias, uma vida iluminada, cheia de gente de bem em volta para dar exemplo bom, com saúde de sobra, com curiosidade para ir longe, com muita, mas muitaaaaaa, felicidade! Que a missão designada a vocês nesta vida seja leve. A titia aqui quer estar sempre pronta a ajudar no que for possível. Aos papais, parabéns mais uma vez, meus queridos. Que Deus abençoe as famílias de vocês.

Beijoooooos

Robson, meu irmão, com o filho no colo pela primeira vez

Eu, obviamente, curtindo o sobrinho

Duduzinho
Carolzinha

Bianca e Carolina

Só faltou o Bernardo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta aí que a mamãe fica faceira! E volte sempre, a casa é sua! :-) Ou me mande um e-mail: emanoellew@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...