Páginas

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Passar a noite na casa da tia: fica pra próxima!

A dinda se esforçou, mas...
Nosso bebê está dando sinais de independência. Ele quer escovar os dentes sozinho, comer segurando a própria colher e jogando feijão pra todo lado, não gosta de andar pela rua de mãos dadas e arrasta a cadeira para perto dos móveis, sobe e alcança tudo o que quer.

O pai e eu sentimos orgulho de sua autonomia e chegamos à conclusão de que deveríamos dar um passo importante para "libertar" nosso filhinho ainda mais. Resolvemos levá-lo para passar a noite na casa da tia Dani, que é também sua madrinha. Afinal, Joãozinho nunca-jamais-nenhuma-vez-sequer dormiu longe da gente.

O quê? Uma noite sem o bebê? Uma noite só pro casal? Opa! Programamos com antecedência e levamos o mister baguncinha numa sexta-feira, assim poderíamos também aproveitar para dar uma saidinha e se tudo desse errado, pelo menos teríamos o sábado para tentar repor a noite perdida. Mas estávamos confiantes. Vamos à cronologia da noitada?

18h30: Pijama, escova, creme dental, papinhas e fraldas na mala, lá fomos nós. O DVD portátil também foi para o caso de a dinda ter de apelar para a Galinha. Esperançosos que só, ajeitamos o traje especial de quem achava que iria curtir uma baladinha (nem lembro mais o que seja isso) e deixamos o boneco lá.

19h30: Mamãe com o coração partido de imaginar que o tiquinho iria posar fora, mas animada com a possibilidade de torná-lo menos dependente de nós.

20h00: Tchau-tchau, beijocas, mil recomendações (com direito a cartão de convênio de saúde, Certidão de Nascimento e caderno de vacinas, incrusível), e #partiu programinha de casal. E agora? O que fazer com esta tal liberdade? É estranho sair sem ter de pensar se o restaurante tem cadeirinha pro bebê, mas fomos animados iniciar nossa "noite especial" num mexicano.

21h00: Morrito pra cá, nachos pra lá e o whatsapp apitando constantemente, porque a pessoa aqui já queria saber como estavam as coisas.

22h00: A dinda se esforçou! Deu janta, banho, trocou cocô atômico (daquele que causa uma destruição em massa), brincou com ele e com as visitas que apareceram lá e foi pra cama com o João.

22h30: Foto do Joãozinho assistindo Galinha na cama da dinda enquanto tirava as pilhas do controle remoto da TV dela! E nós... a caminho de casa. Gente, não sei o que foi, mas o casal que ia varar a noite na gandaia resolveu se aninhar no lar doce lar, aquele lugar que fazia até eco sem a presença do Joãozinho. rara.

23h00: Casal caindo pelas tabelas enquanto assistia o balé das baleias no Globo Repórter. Sim, minha gente, nós tínhamos uma noite inteirinha para aproveitar a liberdade mas no fim mergulhamos de barriga no sofá! kkkkkkkk.

00h00: Barulhinho de whatsapp
- Oi
- Oi cunha, quer que vá buscar?
- Sim. Ele não dormiu e tá começando a chorar!

1h00: João, Joãozinho e eu roncando abraçadinhos em casa!

FIM!
Bom mesmo é o meu bercinho

Come sozinho. Erra o alvo, mas come.

Delícia de grudinho dos papais
E aí na sua casa, como foi esse negócio de noitada dos papais, bebê na vovó/tia/madrinha? Funcionou? Me conta o segredo? rerere. Beijocas!



6 comentários:

  1. Olha aqui já teve muitas dessas... gabi tinha oito meses quando fui a Buenos Aires... passar 5 dias... Depois viajei muito mais ... Sempre ficou.. sente saudades mas acaba ficando de boa...
    Beijosss

    ResponderExcluir
  2. É tão difícil dar esse passo deles dormirem fora...
    Mas precisamos tentar ne?
    beijao
    Lele
    #amigacomenta
    http://www.eueleeascriancas.com.br

    ResponderExcluir
  3. Caramba!É assim mesmo, já passeio por isso.

    ResponderExcluir
  4. rsrs meu baby tbm eh assim meio independente pode isso ?! rsrsrs
    Já passei por isso tbm uma vez. mas passou.
    http://gustavomeuprincipe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Manu!! KKK Adorei a historia!!! =) Aqui em casa funcionaram as poucas vezes que Luquinha dormiu na casa da avo! Ate contei nest post aqui http://www.lulueeu.blogspot.com.br/2013/08/dormindo-na-casa-da-vovo.html !! Mas sabe o que? Vcs nao ficaram felizes de te-lo de volta no aconchego do lar? É isso que importa!! :) Td mundo ficou feliz, a dinda que passou a noite com ele se divertindo, os papais que puderam ter um momento juntinhos so os dois, e o bebe, que depois de toda a diversao, ainda pôde voltar para dormir em casa! =) Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Humm..faz teeeempoo q minha irma posou fora (1 vez)e ela so tem 1 ano e 4 meses

    ResponderExcluir

Comenta aí que a mamãe fica faceira! E volte sempre, a casa é sua! :-) Ou me mande um e-mail: emanoellew@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...