Páginas

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Um ano e 4 meses: muita manha para dormir

Queremos continuar, mas... 

Culpa! Que mãe nunca sentiu? Eu até apoio uma campanha da Revista Crescer em que as mães contam suas experiências e abominam a culpa materna, chamado "Culpa Não!", e tento ver no exemplo delas que errar, às vezes, é absolutamente normal e se sentir incriminada não adianta muita coisa. Mas de vez em quando a dor do arrependimento vem com este nome e é inevitável. Desta vez, meu delito foi ter estafado na hora de colocá-lo para dormir e saído da cama, deixando ele aos prantos gritando por "mamãe".

Desde que nasceu, acompanho por outros blogs e sites especializados as dicas sobre o sono do bebê, como rituais na hora de dormir e o principal: não viciar o neném a dormir mamando, mas sempre colocá-lo no berço ainda acordado. Só que Joãozinho sempre foi gulosinho e fazê-lo adormecer no peito era tão fácil... Até que chegamos neste ponto em que ele fica por mais de duas horas "abusando da minha boa vontade" antes de cair no sono. De dia é tranquilo, basta deitá-lo no carrinho e botar uma musiquinha leve ou um videozinho do tipo Baby Einstein na TV, na hora certa, que ele embala na soneca. Mas à noite o bicho pega.

Fazemos todo o ritual de sempre: jantinha, banho, carinhos, eu deito na minha cama e ele vem mamar enquanto assisto TV ou tento ver alguma coisa no celular. Ele começa a mamada noturna e desce e sobe da cama várias vezes. Aí João pai deita e Joãozinho vem pro nosso meio. Ele quer os dois peitos à mostra e não aceita mais mamar deitado. Fica de quatro, empina a bunda, chuta a cara do pai, fica de ponta-cabeça e começa o rala e rola diário...

Quando aparece a abertura da novela, Joãozinho para tudo, senta na cama e assiste todinha. Ama! Acho que é por conta da música e da animação, sei lá, mas toda abertura de novela o encanta. Depois volta. Enquanto mama num peito, aperta o outro, esmaga o bico do seio, me achata, fica em pé na cabeceira para pegar controle remoto, pisa no meu cabelo, senta na minha cabeça e assim vai. Aí você me censura: "desliga a TV mamãe". Já desliguei. Com o quarto no breu total ele também vai longe na massoterapia. Mas muitas vezes faço isso. Abro mão de ler um livro, ver a internet, assistir a um filme ou qualquer outra coisa, todas as noites.

Até que lá pelas tantas, exausto com a brincadeira toda, meu bezerro fecha os olhinhos mamando e delicadamente o tiro do peito, ele vira pro lado e dorme. Depois é só colocar no berço que segue até umas cinco da madrugada sem um piu. Viva! Ele já quase dorme a noite toda (até as cinco é praticamente noite toda né? kkk), depois de tanto tempo. Mas a canseira do processo é grande e não sobra energia pra mais nada.

Que fazer, minha gente? Sei que eu poderia ter evitado isso, mas agora já foi. Pensei novamente em tirar do peito. Por mais que eu queira (eu gosto!) amamentar mais tempo, essa maratona da noite vem me enlouquecendo deixando exausta. Cortei as mamadas diurnas na esperança de que nesta da noite ele se comporte melhor, mas que nada!

Tem sempre um meme que se encaixa perfeitinho...
http://memezinhodamamae.blogspot.com.br/

E ontem aconteceu o temido auge do estresse. Às 11 da noite, depois de três horas me sovando, com os seios ardendo, ele insistia em abrir um berreiro toda vez que tirava o peito. Cansei e levantei da cama. Fui pro sofá e deixei o miniterneirinho gritando alto.

Claro que o pai não aguentou mais de um minuto e veio atrás implorar pra eu voltar. Vencida pelo cansaço, cedi e mais uma vez e Joãozinho dormiu no peito. Perdi a batalha, mas ainda tem muito combate pela frente. Que vamos fazer hoje? Vou tentar deitar mais cedo, no escuro, por enquanto. Talvez dar uma despistada e pedir pro papai embalar ele no carrinho, na sala, coisa que já tentamos antes e não deu certo, mas vai que... Já ouvi relatos de pais que saem passear de carro pro bebê dormir na cadeirinha. Será? #desespero

Quanto à possibilidade de ofertar mamadeira? Ah não sei. Já viemos até aqui sem ela, pra que inserir um hábito na idade em que já deveria estar sendo retirado? Ele não pegou mamadeira, nem chupeta, detesta leite artificial. Não tentei bicos diferentes porque meu sonho era que ele saísse do peito direto pro copinho. Mas tá sofrido viu? kkkk.

Bom, o jeito é seguir tentando. Ele já está inteligente o suficiente para saber que chorar é uma arma poderosa. Quem sabe devamos ser fortes o bastante para deixá-lo lastimar-se até se entorpecer. auhauhau. E agora você pensa: "essa mãe mimou esse bebê". E eu vou ser obrigada a concordar. Digo não para tudo o que não pode, tento discipliná-lo com horários, alimentação e tudo mais, mas deixar chorando no berço eu nunca consegui. Será que resolve?

Meu amor
Coisa mais linda do mundo

Agora que já desabafei, vamos falar das flores? Se no crepúsculo vivemos um drama, o amanhecer é uma comédia romântica bem melosa. Ele acorda super feliz e disposto ao meu lado, mama um pouquinho, brinca, dá rizada, faz carinho e desce da cama cheio de energia. São momentos felizes demais, quando olho pra ele ainda com aquele ar quixotesco e penso em como sou sortuda por ter um menino tão lindo, inteligente e saudável. Agradeço a Deus e começo nossa rotina arrebatada de diversão e descobertas.

Hoje ele faz um ano e quatro meses. O tempo mais feliz da minha vida, sem dúvida! É uma experiência apaixonante acompanhar o desenvolvimento de uma criança, perceber que a cada dia ele fica mais autônomo e cheio de vontades próprias. Joãozinho sempre me surpreende e esse encantamento todo, que achei que passava com o tempo, só tem aumentado. Eu avisei que era um romance meloso né? kkk. Ah, mas já faz um tempinho que eu não venho aqui para dizer o quanto amo esse pedacinho de gente. Amo demais! Demais mesmo! De um jeito que eu não sabia que existia.

E por hoje é isso, gente. Viva meu filhote que está de mesversário? Viva!!! E viva a mamãe que está prolongando a amamentação e não sabe como educar seu bebê para dormir? Viva, ué! rerere. Agora me ajuda, vai! Dê um palpite aí de como devo agir.

Beijocas! Fiquem agora com algumas fotos do período.

No Frederica´s em Carambeí, uma casa de tortas delícia


Visita da Flavi querida

Visita dos primos de Londrina, João Henrique e Helô

Tios de Londrina: Celso e Elenice

Visita da priminha Isabella

Visita da vovó Raquel, tia Rapha e priminhos Dudu e Isa

Madrinha Rapha e Dudu

Visita do priminho Hike e amiguinho Ber

Dia de Shopping e comilança com as meninas: Adri, Bi e Carol

Bi e Carolzinha



Parabéns especial pra linda Ísis, que faz festa amanhã. Não estarei lá, porque Brasília é longe, mas desejo o melhor do mundo pra você, princesinha. Ela é personagem de um dos posts mais lidos aqui do blog, sobre Alergia à Proteína do Leite de Vaca. Graças a Deus e à sua dedicada mamãe Karla, está super bem, linda e saudável.

3 comentários:

  1. Adorei as fotos e não se culpe, deixe ele fazer manhã, logo cresce e sentirás saudade rs
    Amei a cara de alface kkk
    beijos

    http://viniciusmamaequedisse.blogspot.com.br/2013/08/nova-parceria-bebe-mais.html

    ResponderExcluir
  2. Você não deve se culpar por fazer este ato de amor tão lindo!! Eu também quando tiver meu bebê quero amamenta-lo por um bom tempo.
    Parabéns pelo garotão bonito que você tem...

    ResponderExcluir

Comenta aí que a mamãe fica faceira! E volte sempre, a casa é sua! :-) Ou me mande um e-mail: emanoellew@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...